8 Dicas Home Office | Tudosobretrabalho

8 DICAS PARA SE DAR BEM TRABALHANDO REMOTAMENTE 

                              COM DIEGO DOTTI

 

Cada vez mais pessoas ao redor do mundo trabalham de forma remota.  Esse modelo de trabalho sem um lugar fixo vem se tornando mais comum, principalmente para os profissionais das áreas criativas e de TI.

 

Eu mesmo tenho experiência de quase 3 anos no trabalho remoto (de 2017 a 2018, e de 2019 até agora). Aqui no Brasil, isso ainda é muito novo e, por isso, existe certo preconceito (que, ainda bem, vem diminuindo ao longo tempo).

 

Mas, a cada ano que passa maior é o número de profissionais que atuam de forma remota, e de empresas que adotam esse sistema. Muitas têm departamentos inteiros totalmente remotos, enquanto outras oferecem um regime parcial onde os seus funcionários trabalham alguns dias da semana em casa.

 

Aqui no Brasil, isso ainda é muito novo e, por isso, existe certo preconceito (que, ainda bem, vem diminuindo ao longo tempo).

Mas, a cada ano que passa maior é o número de profissionais que atuam de forma remota, e de empresas que adotam esse sistema.

 

Muitas têm departamentos inteiros totalmente remotos, enquanto outras oferecem um regime parcial onde os seus funcionários trabalham alguns dias da semana em casa.  

 

Existem vários benefícios que colaboram para que esse modo de trabalho seja uma tendencia mundial, como:

Dispor de mais tempo para a família, projetos pessoais e para expandir seus horizontes;

Menos estresse causado pelo transporte e a rotina das grandes cidades;

Poder trabalhar de qualquer parte do mundo, podendo viajar e conhecer novos lugares quando bem quiser;

Poder criar uma rotina que esteja alinhada com suas necessidades;

Ter um maior controle e flexibilidade o sobre seu horário de trabalho;


 

  • Funcionários mais felizes para trabalhar;

  • Menos (ou nenhum) gastos com transporte, alimentação, etc.;

  • Menos faltas no trabalho por motivos médicos;

  • Mais produtividade – segundo um estudo patrocinado pela Dell, O Global Evolving Workforce, 54% dos brasileiros se consideram mais produtivos ao trabalhar em casa.

Apesar de tantos benefícios é preciso se atentar há alguns pontos, antes de começar a trabalhar desta maneira.

Por estar em casa, ou em qualquer outro lugar bem distante do seu chefe ou cliente, você tem mais liberdade e flexibilidade de tempo.

Porém, isso não significa que você deve relaxar diantes das suas tarefas. Existem alguns erros comuns que podemos cometer ao se deixar levar pelas distrações, como:

 

  • Adiar a execução de tarefas deixando tudo para a última hora;

  • Gastar muito tempo com redes sociais e entretenimento na internet;

  • Acordar muito tarde;

  • Perder o foco com coisas domésticas.

 

E esses são apenas alguns itens que podem te atrapalhar.

 

Por isso, irei te passar algumas dicas para que você se dê bem trabalhando remotamente, da maneira mais produtiva possível:

 


 

Estes são apenas alguns dos motivos que fazem essa modalidade de trabalho ser tão atrativa. E para as empresas também é bom, pois elas tem benefícios como:

1. Tenha um espaço seu para trabalhar

 

 

 

 

 

 

 

 



 

Não importa qual seja o seu trabalho: em algum momento você precisará de atenção e foco total naquilo que está fazendo.

 

E manter o foco em um ambiente que não é de trabalho é muito mais difícil, principalmente se você mora com a sua família.

 

Por isso tenha o seu “cantinho” para trabalhar. Um espaço onde você consiga se separar (mesmo que parcialmente) do restante da rotina da casa.

 

Esse espaço não precisa ser luxuoso, nem um cômodo com 200m². Pode ser o quarto, ou a sala no andar debaixo… O ideal é que seja um local onde você consiga ter conforto e tranquilidade para trabalhar.
 

2. Não fique disponível a todo momento

Um dos maiores “ladrões” de produtividade no trabalho remoto é a sua disponibilidade para tudo e para todos.

 

É óbvio que trabalhando em casa você tem mais liberdade para, por exemplo, buscar a sua filha na escola à tarde, buscar o remédio da sua avó de manhã ou até mesmo responder aos “whats” da sua namorada.

 

Mas você não pode ficar disponível a todos e a qualquer hora. É preciso levar o seu trabalho a sério.

 

Como no Brasil ainda existe um certo preconceito e desconhecimento sobre trabalho remoto, muitas pessoas, até mesmo que sem querer, podem encarar o seu trabalho como algo trivial, sem importância e sem muitas responsabilidades a cumprir.

 

Uma vez vi uma frase que define bem tal situação:

 

“Se você não tem agenda, você acaba virando agenda dos outros.”

 

Portanto, é preciso impor limites, caso seja necessário, e mostrar que o seu trabalho tem tantas responsabilidades, metas e objetivos como uma pessoa que vai para o escritório todo dia.


Logo, você não pode parar o seu trabalho sem um motivo realmente relevante ou que não tenha sido combinado com antecedência.
 

3. Cuidados com as distrações
 

 

 

Hoje em dia, as redes sociais já são intrínsecas a nossa vida pessoal e profissional. Não tem como evitar.

 

Entretanto, se você não controlar o seu acesso às redes sociais, você pode perder muito da sua produtividade.

 

Salvo algumas funções que atuam efetivamente com elas (por exemplo, Social Media), você precisa evitar gastar mais tempo do que deveria com as redes sociais. Tenha cuidado para não perder horas desnecessárias no Facebook, Twitter, Youtube e até mesmo com WhatsApp.

 

Eu, como designer, sei que elas podem ser grande fonte de inspiração e de soluções para o nosso trabalho, porém é preciso ter parcimônia para não se perder e acabar o dia com aquela sensação de que “hoje não rendeu nada”.

 

Caso você não consiga lidar com isso, existem extensões para navegadores que bloqueiam o feed de certas redes sociais, como por exemplo o  News Feed Eradicator for Facebook para Chrome.

 

4. Tenha um horário para entrar e para parar de trabalhar

 

Por conta da flexibilidade, muitas vezes a gente se deixa levar e acaba criando uma rotina insana de trabalho, com muitas pausas e pouca produtividade. Por isso, procure ter horários.

Não precisa ser algo fixo, mas tente manter uma rotina, por exemplo:

 

"Vou iniciar as atividades entre 8h e 10h da manhã e sair entre 17h e 19h.

 

Outro ponto super importante para você é justamente determinar quando parar. Muitas vezes, por trabalharmos em casa, acabamos excedendo e muito o horário de trabalho. Ficamos 10, 11, 12h por dia sem perceber.

 

Vale lembrar também que muitas vezes o seu chefe ou cliente, por saber que você trabalha de casa, acaba abusando pedindo trabalhos e alterações em qualquer horário. Tome cuidado com isso.

 

Determine uma hora para sair ou um tempo máximo de trabalho por dia, o máximo de 6h, por exemplo.

 

Um dos benefícios do trabalho remoto é a possibilidade de uma melhor qualidade de vida, então aproveite essa vantagem que você tem e não se atole no próprio trabalho.  

 

 

5. Compre uma ótima cadeira e invista o necessário em equipamentos

 

Você passará muitas horas sentado de frente para o computador. Algo muito útil que vai te evitar muito desconforto é ter uma boa cadeira para trabalhar.

 

Também é importante investir no seu espaço de trabalho e equipamentos, para que sejam o mais confortáveis e agradáveis possível.

 

Além de evitar problemas de saúde, como dores nas costas, LER, tendinite, etc.,

esse investimento também evita com que você tenha que ter inúmeras pausas para ajeitar seu equipamento, nem gera estresse por ter que trabalhar com, por exemplo, teclado que tem peças faltando ou que não funciona.


Apenas tome cuidado para não comprar mais do que deveria. Seja prático e invista somente naquilo que é necessário para o seu desempenho e conforto no trabalho.

 

6. Não se isole do mundo e cuide da sua mente


Para muitos, um dos principais problemas de se trabalhar remotamente é a falta de interação e socialização.

 

Alguns não ligam para isso e até curtem a solidão, mas pessoas sociáveis acham um verdadeiro tormento não ter com quem conversar e compartilhar momentos. Inclusive, esse é principais motivos porque elas não se adaptam ao trabalho remoto.

 

Independente se você tenha a necessidade de interagir diariamente ou não, é importante cuidar do seu bem maior, que é a sua saúde mental e inteligência emocional.

 

É quase um consenso entre associações, especialistas e médicos que a depressão é o mal do século XXI. E quando se trabalha em casa, tende-se a ser mais solitário e isolado do mundo exterior.

 

Uma boa forma de lidar com tal questão é trabalhar algumas vezes de lugares diferentes como cafés, coworkings e espaço colaborativos.

 

Zele pela sua saúde mental e emocional. Não esqueça de sair para distrair, para conversar com amigos e fazer o que gosta.

 

E, para ter contatos com profissionais da sua área, também é legal participar de grupos, ir a eventos sociais, compartilhar experiências e aprendizados online ou pessoalmente.
 

7. Não se esqueça do seu corpo
 

Por trabalhar na maioria das vezes de casa, você naturalmente realizará menos atividades físicas.

 

Você não terá que descer as escadas do escritório e depois andar alguns metros para almoçar no restaurante, por exemplo.

 

Praticar atividades físicas é bom para qualquer pessoa, mas para quem trabalha remotamente é ainda mais importante.

 

Além de ajudar a manter o corpo saudável, pode ser um momento de lazer e descanso da sua mente. Além de exercícios, é importante também não descuidar da alimentação.

 

Muitas vezes estamos imersos na rotina do trabalho e acabamos comendo mais rápido, comendo coisas prontas e congeladas, que podem fazer mal para a saúde.
 

 

8. Se não se adaptar ao Home Office, tente um espaço alternativo para trabalhar

 

Trabalhar remotamente significa trabalhar a distância, e não necessariamente da sua casa. Muitas pessoas simplesmente não suportam atuar de casa.

 

Se esse for o seu caso, procure espaço alternativos como coworkings e espaço colaborativos. Existem opções pagas e gratuitas.

 

Com uma pesquisa rápida no Google e/ou Facebook você já encontrará boas opções. É possível até mesmo encontrar no facebook pessoas que abrem as portas da própria casa para que outros profissionais possam trabalhar.

 

Considerações Finais

 

Com certeza vale a pena trabalhar remotamente. As vantagens são muitas e a sua qualidade de vida pode melhorar muito.

 

Apesar dos muitos benefícios, você precisa ter alguns cuidados para ter êxito. É preciso ter disciplina para driblar as distrações ao qual somos submetidos, ter responsabilidade para trabalhar a distância e administrar com inteligência o seu tempo para não se tornar um escravo do seu trabalho.

Curtiu? Comente abaixo o que você achou...